Adolescente é morto dentro de centro socioeducativo em Manaus

Notícias

Um interno do Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, localizado no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus, foi morto dentro da unidade na manhã desta quarta-feira (9). A vítima, de 16 anos, foi enforcada por um colega de quarto. A unidade é a mesma onde 34 jovens fugiram na segunda-feira (7).

A titular da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc), Graça Prola, informou que o caso ocorreu por volta das 11h30, e um rapaz de 18 anos é suspeito do crime.

A secretária informou que o suspeito do crime foi transferido, após o flagrante, para uma unidade prisional do estado. O jovem, que estava internado no Dagmar por roubo qualificado, havia completado 18 anos no dia 28 de julho.

O adolescente estava apreendido no centro socioeducativo por homicídio. A idade dele não foi confirmada pela Sejusc.

Fuga

Na segunda-feira (7), um grupo de 34 jovens fugiu do centro socioeducativo Dagmar Feitosa. Segundo a Polícia Militar (PM), 22 jovens foram recapturados até o início da tarde.

Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) confirmou a fuga, que iniciou após um grupo de detentos apreendidos por estupro fazer uma confusão com outros internos, que jogaram urina neles. Os jovens fugiram por um bueiro.

Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, em Manaus (Foto: José Carlos Amorim/Rede Amazônica)Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, em Manaus (Foto: José Carlos Amorim/Rede Amazônica)

Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, em Manaus (Foto: José Carlos Amorim/Rede Amazônica)