Amazonense e colombiano são presos com 60 kg de drogas escondidas dentro de barco em Manaus

Notícias

Um amazonense e um colombiano foram presos com 60 kg de drogas pela Polícia Civil do Amazonas, nessa sexta-feira (10). A dupla foi interceptada em uma embarcação atracada na orla da Manaus Moderna, no Centro de Manaus.

Durante a apresentação à imprensa, neste sábado (11), os dois homens confirmaram que receberiam R$ 2 mil pelo transporte das drogas e afirmaram que era primeira vez que se envolviam com o tráfico de entorpecentes.

O pedreiro Arsenio Cavalcante Salino, 43 anos, e o colombiano Reinel Vagas Ipuchima, 27 anos, foram presos em flagrante por tráfico de drogas. A equipe do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) interceptou os suspeitos, por volta das 17h15. Eles estavam com 23 kg cocaína e 47 de maconha.

Segundo o delegado Paulo Mavignier, diretor do Denarc, as investigações e monitoramento foram iniciadas depois que denúncias foram recebidas por meio do disque-denúncia do departamento (92) 99415-0129.

“Há cerca de 15 dias chegou uma denúncia para o Denarc e Secretaria de Inteligência, esses dados foram bastantes afinados e tivemos a informação de que esse barco que faz linha regional de Japurá para Manaus viria uma quantidade considerada de entorpecentes”, contou o delegado.

A polícia suspeita que o carregamento de drogas foi embarcado em Santo Antônio do Içá, município distante 880 quilômetros de Manaus. Após identificar o barco, abordar e revistar os pertences dos passageiros do barco, foram encontrados três malas contendo 54 tabletes de drogas. A ação faz parte da operação Tarrafa e contou com o apoio de policiais civis lotados na Delegacia Fluvial (Deflu).

“Foi feita uma abordagem fluvial na embarcação foram apreendidos 60 kg de drogas e dois indivíduos que estavam fazendo a guarda do entorpecente. Eles se afastaram na abordagem, mas nas bolsas onde estavam as drogas tinham documentos pessoais deles. Eles confirmaram que estavam ganhando uma quantia de R$ 2 mil para trazer as drogas que foram repassadas por um grupo de colombianos”, disse Paulo Mavignier.

Drogas foram trazidas da fronteira com a Colômbia (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)Drogas foram trazidas da fronteira com a Colômbia (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)

Drogas foram trazidas da fronteira com a Colômbia (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)

Arsenio Cavalcante morava em Tabatinga, município 1.108 quilômetros de distância da capital e na região da Tríplice Fronteira (Brasil, Colômbia e Peru). Já Reinel Vagas residia na fronteira do Brasil com a Colômbia. A Polícia Civil conseguiu identificar os fornecedores e os compradores das drogas, mas os dados não foram revelados para não atrapalhar as investigações. “Eles disseram em depoimento que foram coagidos a trazer essas drogas para os colombianos”, afirmou o delegado.

A dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Ao término dos procedimentos eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch Reis.

Apreensões

Durante o mês de outubro e nos primeiros dias de novembro aproximadamente 1,5 tonelada de drogas foi apreendida no Amazonas, de acordo com dados da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai). “Nesse um mês dessa nova gestão estamos muitos satisfeitos com os trabalhos desenvolvidos e uma tonelada e meia apreendida”, disse a delegada Marília Campello.