Detran afirma que capotamento na Av. Djalma Batista foi causado por ‘racha’

Notícias

O acidente que deixou um homem de 34 anos ferido na madrugada desta quinta-feira (15), na Avenida Djalma Batista, em Manaus, foi causado por um ‘racha’, segundo o Departamento Estadual de Trâsito do Amazonas (Detran-AM). O condutor do carro foi hospitalizado.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o veículo modelo Polo colidiu contra a traseira de um Renault. O acidente ocorreu por volta das 4h. O condutor do Polo ficou ferido e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Pronto-Socorro João Lúcio, na Zona Leste.

Uma árvore do canteiro central foi arrancada com a pancada do veículo. Os dois condutores apresentavam sinais de embriaguez, segundo a Polícia Militar.

“Embriaguez, alta velocidade, e aquele famoso racha. Infelizmente, em menos de três dias tivemos dois acidentes graves envolvendo jovens, muitos lesionados e uma vítima fatal. Se não houver consciência, álcool, direção e velocidade sempre vão acabar em uma tragédia”, disse Leonel Feitoza, diretor-presidente do Detran.

Segundo acidente por ‘racha’

Na noite de domingo (11), um outro acidente resultou na morte do mototaxista Cesar Severino Leite, de 42 anos. Ele estava em uma motocicleta quando foi atingido por um veículo modelo BMW. O motorista do veículo foi detido e liberado após pagamento de fiança de R$ 10 mil. Ele também estaria fazendo um ‘racha’.

Testemunhas informaram ao familiares que o condutor da BMW estava em alta velocidade na via. O homem recebeu cinco multas e perdeu o direito dirigir. Duas das autuações eram por disputa de corrida e utilização de veículo para exibir manobra perigosa mediante arrancada brusca (Artigo 173 e 175 do Código de Trânsito).

Cesar Severino Leite morreu em Manaus (Foto: Ive Rylo/G1 AM)Cesar Severino Leite morreu em Manaus (Foto: Ive Rylo/G1 AM)

Cesar Severino Leite morreu em Manaus (Foto: Ive Rylo/G1 AM)