Morre no Rio a atriz Neuza Amaral

Notícias

O corpo da atriz Neuza Amaral será sepultado nesta quinta-feira. Desde sábado a artista estava internada no hospital São Vicente de Paulo, na Tijuca, na zona norte do Rio de Janeiro.

 

Ela morreu nesta quarta-feira, aos de 86 anos de idade. De acordo com nota divulgada pelo hospital, a atriz foi vítima de embolia pulmonar.

 

Paulista da cidade de São José do Barreiro, Neuza Gouveia da Silva do Amaral iniciou a carreira nos anos 50, na Rádio Tupi carioca, e depois, em são paulo, trabalhou na Rádio Record.

 

Em 1957 foi para a televisão, como atriz e locutora nas TVs Record e Excelsior, onde participou da primeira telenovela diária brasileira.

 

De volta ao Rio, teve seu primeiro papel de destaque na  TV Globo: a vilã Veridiana Medeiros, na novela A Grande Mentira , em 1968.

 

No cinema, trabalhou em mais de 20 filmes, entre eles, Memórias de um Gigolô (1970), Os Machões (1972), e O que é isso, companheiro? (1997).

 

Nos anos 90, Neuza Amaral foi eleita vereadora no Rio pelo extinto Partido Liberal. Nos últimos anos, vivia na cidade de Araruama, na Região dos Lagos.
Convertida ao judaísmo, o enterro será às 10h, no cemitério israelita de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. A atriz deixou um filho e dois netos.